Uma nova WTA; e a batalha de Murray
Por Chiquinho Leite Moreira
outubro 31, 2016 às 4:38 pm

Uma nova WTA está nascendo. A chegada do CEO Steve Simon, com ideias revolucionárias, coincidiu com o afastamento de Serena Williams de alguns torneios. Sem a americana, o circuito ficou mais aberto, competitivo e abre espaço para outras estrelas.

Vou plagiar um twitter de Maria Sharapova. Ela disse que a WTA revelou em 2016 novas caras, com diferentes campeãs. Nos Grand Slams, por exemplo, Angelique Kerber ganhou Austrália e US Open, Garbine Muguruza, Roland Garros, Serena imperou em Wimbledon, enquanto a surpreendente Dominika Cibulkova ergueu o troféu do WTA Finals.

O circuito feminino ganhou energia e investimentos. O movimento iniciado por Billie Jean King em buscar igualdade de prêmios entre homens e mulheres, chegou agora numa situação curiosa: o Finals de Cingapura, com seus US$ 7 milhões, pagou mais do que será distribuído no ATP Finals de Londres.

A discussão se devem as mulheres ganhar prêmios iguais aos homens, para mim é coisa do passado. Alguém paga a conta. E se os patrocinadores estão mantendo torneios como o de Cingapura é porque estão contentes e satisfeitos. Portanto, só vale mesmo aproveitar os bons jogos vistos no Finals feminino.

O próximo ano promete muitas novidades. Sempre é bom ver o tênis feminino caminhando dessa forma. Novas caras surgindo, mas também velhas rivalidades. Afinal, Serena não disse adeus ainda e Maria Sharapova estará de volta em 2017.

A batalha de Murray – É impressionante e de se elogiar a determinação de Andy Murray em buscar a liderança do ranking mundial. Fez o que parecia impossível estar próximo. A distância de Novak Djokovic como número um do mundo passou de confortável para preocupante.

Muita gente não gosta do estilo Andy Murray. Em quadra parece a hiena Hardy. Personagem dos desenhos animados que diante de um desafio de seu parceiro, o leão Lippy dizia algo assim: “Oh céus Oh vida …. não vai dar certo Lippy. O escocês também parece desanimado em quadra, meio reclamão, mas vem exibindo um tênis de primeira… bonito de ver, por que não?


Comentários
  1. Leandro Passos

    Chiquinho, eu vi uma propaganda do Canal Sony dizendo que vai transmitir os jogos da WTA? Isto é verdade, ou a BandSports ainda vnao continuar a transmitir a WTA?

    Obrigado.

    Reply
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Comentário

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>