Rio Open discute a importância do # 1 do Brasil
Por Chiquinho Leite Moreira
fevereiro 24, 2017 às 2:24 pm

Sob as benções do Cristo Redendor, num dos cenários mais marcantes da Cidade Maravilhosa, o Rio Open viu o duelo entre os dois tenistas brasileiros mais bem colocados no ranking mundial. Thiago Monteiro venceu o jogo por 2 sets a 1 e mostrou que pode roubar a coroa de número um do Brasil de Thomas Bellucci. Mas qual a importância desse fato?

Há tempos que se discute este assunto. O que vale ser o número um de um País se não se alcança um bom ranking na ATP? Já vi tenistas festejarem esta condição e nem sequer se aproximavam dos cem primeiros da lista de classificação mundial.

Valei sim chegar a um bom lugar na ATP. E Thomaz Bellucci andou perto dos 20 primeiros do mundo. Aí ser número um do Brasil é apenas uma consequência.

Nessas últimas semanas, Monteiro e Bellucci andaram trocando esta condição. Mas enquanto um tenta alcançar uma melhor colocação, como o cearense, o outro não precisa provar mais nada, a não ser para ele mesmo, após ter derrotado um top 5 esta semana, como Kei Nishikori.

A atitude de Monteiro ao comemorar a vitória no Rio Open sobre Bellucci com parcimônia, deixa claro que vencer um amigo, um colega de treinos, faz parte do jogo. Não há uma rivalidade fermentada pela torcida ou pelos assessores. Mas sim um passo importante na sua caminhada.

Pela reação da torcida no Jockey Club do Rio de Janeiro deu para notar uma certa preferência por Monteiro. Nada muito acentuado. Mas acredito que apenas o desejo do público de ver caras novas e premiar seu estilo mais lutador. Deu para ouvir também alguns gritos por Bellucci. Afinal, vinha de uma vitória brilhante na estreia, tem mais volume de tênis, mas sempre alguma coisa estraga seus planos. Nesta última vez foi o terceiro set, em que ele admitiu ter sentido cansaço.

Monteiro está ainda em formação. Tem muitas coisas a melhorar, mas seu estilo agrada. Só que para seguir em frente precisa de ferramentas. Terá um bom teste no Rio Open.


Comentários
  1. Tarcisio Colares

    Por ser cearense, torço muito pelo sucesso do Thiago, porque a consequência será o desenvolvimento do tênis não somente em Fortaleza, mas em todo o estado.
    Como você disse Chiquinho, Thiago precisa de mais ferramentas no jogo dele. Na derrota para Berlocq em Buenos Aires, era perceptível uma dificuldade na movimentação em direção à rede, pois sofreu demais com os dropshots do argentino.
    O melhor desse resultado, olhando a médio prazo, é que ele se garante em Roland Garros e, de repente numa boa chave, pode fazer uma terceira ou quarta rodada (Vamos ser otimistas!).
    Chiquinho, você pode falar um pouco mais do treinador do Thiago, sei que ele é um dos sócios da Tennis Route, como também é o Zwetsch, mas não tenho muita informação sobre ele.
    Abraços!

    Reply
    1. Augusto A.

      Não acredito mesmo que o Thiago possa ir mais longe nos Grand Slam por enquanto, embora torça bastante por ele, óbvio!
      Ele ainda é, essencialmente, um bom jogador de saibro e em torneios menores, com condições muito específicas para o seu jogo…

      Reply
  2. Quincas

    Ei, Chiquinho, na segunda linha ao invés de “…os dois tenistas brasileiros mais bem colocados…”, não dá para editar e colocar: “… os dois tenistas brasileiros MENOS MAL COLOCADOS…”? Abs.

    Reply
  3. Augusto A.

    Muito bom e realista o seu texto! Penso, sim, que o Thiago pode vir a se consolidar como o melhor tenista do Brasil, não porque seja melhor tecnicamente que o Bellucci mas por ser menos instável e ter um maior espírito de luta. O mental do Bellucci deixa muito a desejar e, como se não fosse pouco, ele agora tem problemas físicos também, que se manifestam em partidas longas e sob calor. Mas, tecnicamente, ele é de longe o melhor brasileiro do circuito.

    Reply
  4. João ando

    No resumo .a bola do Monteiro não anda. Até que saca bem. Já a do Thomaz a bola andá.tem saque .boleia bem. Mas não tem físico.oque cá entre nos para um tenista de 29 anos e muito estranho. …acho que ele não tem preparador físico…o ranking dele e esse mesmo 85/90. Já o Monteiro e jovem pode melhorar .

    Reply
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Comentário

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>